quinta-feira, 5 de agosto de 2021   | : :
16_04_2014_18_30_banner_leviinteriores.gif

De hobby a paixão: fotógrafo Jorge Bonfim conta como tudo começou

Gente que Acontece



De hobby a paixão: fotógrafo Jorge Bonfim conta como tudo começou

Jorge Bonfim, nasceu em 04 de novembro de 1988, em Nhandeara. Filho de Terezinha Brão Bonfim e Carmelindo José do Bonfim, despertou seu olhar para a fotografia desde menino.

No final do Ensino Médio era um dos organizadores de eventos de sua classe e por gostar muito de baladas, viu na fotografia um meio de estar em festas diferentes. Ainda com uma câmera amadora fazia fotos como hobby por onde saía. “Sempre quando chegava nas festas falava “nossa uau”, até que chegou uma época que eu parei de sentir isso. Comecei a adquirir o senso crítico e pensar, poderia ser melhor”, conta Bonfim.

Começou a trabalhar com fotografia em 2004 no Visual Foto Estúdio de Nhandeara. Com a proprietária Maria Augusta Vicentin (in memoriam) aprendeu a ser detalhista e ter olhar mais crítico, além de saber que sempre tinha algo a melhorar. Com o fotógrafo Daniel Ramiro foi que Jorge Bonfim aprendeu a dar seus primeiros cliques profissionais. Na época não era muito fã de casamentos, adorava fotografar bebês, gestantes e books de 15 anos. “Trabalhei durante sete anos lá, onde dei meus primeiros passos na fotografia e com o tempo fui pegando gosto, até se tornar uma paixão”, afirma o fotógrafo.

Conseguiu sua primeira câmera profissional Nikon como acerto feito em seu antigo emprego. Foi aí que a paixão por fotografia se tornou um desafio. Em um cômodo de sua casa (3m x 3m) trabalhou por pouco tempo fotografando por conta própria, até que surgiu a oportunidade de abrir um estúdio.

Com ajuda de familiares inaugurou o Studio Bonfim, em Nhandeara. A partir daí enfrentou uma verdadeira “maratona”. Trabalhou muito, atendia, fotografava, editava fotos e, muitas vezes, o expediente se estendia até a madrugada. “No início tudo era novo, mas passou um tempo e eu via que precisava mudar, inovar”, lembra Bonfim.

Determinado a aprender cada vez mais, buscou se aprimorar com os melhores da área, não só de fotografia, mas também de edição de imagens, entre eles, o fotógrafo Evandro Rocha e também com um dos maiores especialistas em tratamento de imagem, Altair Hoppe. Também participou de várias feiras e exposições sobre fotografia.

Além do talento para fazer fotos infantis, adquiriu muita habilidade também para fazer fotos de casamentos, que se tornou outra paixão. Conseguiu admiração e reconhecimento dos clientes, que perceberam um diferencial presente em suas fotografias. Nesse momento seu trabalho deixava de ser regional, pois, além de fotografar em vários municípios do Estado de São Paulo, fotografou também em Paraty (RJ) e Paranaíba (MT).

Bonfim ousa em usar locações diferentes, como usinas, pasto, posto abandonado, locais em que os fotografados não estariam, além disso, pouco repete essas locações. “Uma curiosidade que sempre acontece comigo é que quando estou fotografando, faço uma imagem que no momento seria excluída, mas acabo deixando na câmera e, às vezes, essa foto se transforma em uma das melhores na edição”, diz.

Depois de três anos, avançou mais uma vez inaugurando um mega estúdio em Nhandera, o Novo Espaço Studio Bonfim. “Desde o começo sempre achei que Nhandeara era um centro e sempre acreditei nessa cidade. Nunca pensei em momento algum tirar a fotografia daqui para ir para uma cidade maior. Sempre prezei pelo seguinte: quando temos algo bom, os clientes vêm até nós, então as pessoas podem vir aqui. Vale a pena investir e continuo investindo sempre”, conclui o fotógrafo.

Recentemente recebeu um convite para expor seu trabalho na 7ª edição do maior congresso de fotografia de casamento da América Latina, a Wedding Brasil, que será realizada em abril de 2015 no Anhembi Parque, em São Paulo.

Galeria de Fotos

Comentar

Compartilhar


Top