sábado, 6 de março de 2021   | : :
16_04_2014_18_29_banner_levimagazine.gif

Emoção e esperança na chegada das primeiras doses da vacina contra o coronavírus em Aracanguá


Emoção e esperança na chegada das primeiras doses da vacina contra o coronavírus em Aracanguá

Momentos emocionantes e de muita esperança marcaram a manhã desta quinta-feira, 21, no município de Santo Antônio do Aracanguá, com a chegada das 93 doses da vacina Coronavac que serão usadas para a imunização dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

As primeiras doses da vacina, desenvolvida pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac, foram distribuídas em Araçatuba e retiradas pelo diretor de Saúde, José Deli dos Santos e pela enfermeira responsável pelo setor de vacinas Josiele Urbano Gonçalves do Prado, que chegaram com o material em Aracanguá por volta das 9h30, escoltados por uma viatura da polícia militar.

O primeiro lote do imunizante destinado ao município, foi recebido no Centro de Saúde da cidade, pelo prefeito Roberto Doná (PSDB) e por profissionais da saúde, que recepcionaram o material com uma salva de palmas e não esconderam a emoção ao acompanharem a chegada da vacina.

Logo em seguida, em ato simbólico, deu-se início à vacinação com um profissional de saúde de cada setor da linha de frente no combate ao coronavírus, como, por exemplo, motoristas, médicos, equipe do ESF (Estratégia de Saúde da Família), enfermeiros e auxiliares. A primeira a receber a dose da Coronavac foi a enfermeira Josieli Urbano Gonçalves, de 35 anos, responsável pelos setores de vacina e do ESF, que se tornou a primeira pessoas a ser imunizada no município.

De acordo com o diretor de Saúde do município, José Deli dos Santos, as doses foram distribuídas proporcionalmente para atender os profissionais da linha de frente que atuam nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da sede e dos distritos de Major Prado e Vicentinópolis. Segundo ele, neste primeiro momento, o grupo a ser imunizado é formado pelos trabalhadores da saúde da linha de frente no combate à Covid-19. Posteriormente, na medida que chegarem mais doses, serão vacinados os demais grupos, seguindo o Plano Estadual de Imunização.

Para o prefeito Roberto Doná, que fez questão de acompanhar a chegada da vacina e o início da imunização, o momento vivenciado pelo município marca a história da cidade, que espera ansiosamente pela vacina. “A chegada da vacina é um momento especial para todos nós, pois sinaliza o início de uma luta para vencermos a Covid-19, que já matou 10 pessoas no município, inclusive o nosso saudoso prefeito Rodrigo. O dia de hoje é um marco histórico para toda a nossa população que, mesmo diante de um lote com poucas doses, alimenta a esperança de dias melhores”, comemora o prefeito.

Galeria de Fotos

Comentar

Compartilhar


Top